Archive for Setembro, 2011


storytelling

Storytelling com fins empresariais – Já lhe contaram uma estória hoje?

O Storytelling está nas nossas vidas, em todas as nossas fases de crescimento e é fonte de riqueza criativa e luz para a nossa imaginação. Mas e as empresas? O que elas têm a ganhar com o Storytelling?

Como é do conhecimento geral, crescemos a ouvir estórias, a ler banda desenhada, a ver filmes!
Desse modo, activámos de modo real e assertivo o lado direito do cérebro – O lado mais criativo e sonhador!
É desse modo que, desde tempos imemoriais, o Homem narra aventuras. Conta vivências. Fala de conquistas épicas!
Desde a Religião à Politica, passando pela Liderança e pelos Heróis, o que todos têm em comum é o Storytelling.
E porquê?
Porque nós, o cérebro, a nossa atenção é mais focalizada, relembrada e revivida se nos identificarmos com o que está a ser contado. Se criarmos paralelismos à nossa própria estória, aventura, trajecto!
E esses benefícios já foram aproveitados pelas empresas de topo que já se aperceberam que, mais do que conhecer o cliente e o que ele deseja, melhor pode servi-lo se conhecer ainda melhor o seu interior, o que se passa nos corredores, o bater do coração da empresa laboral.
E esse «Intelligence» só se obtem com o Storytelling!
Anúncios

Star Wars: The Old Republic | News, Updates, Developer Blogs.

 

 

Jane McGonigal speaks on the skills students are learning from games – YouTube.

Penso que não é demais referir que sentimos mais, amamos mais, odeiamos mais, em tempos de Crise.

Porquê?

Porque estamos mais emotivos, mais conectados com os problemas pessoais e de quem nos rodeia, mais sensíveis ao que nos faz bem, ao prazer.

É neste sentimento complexo que entra o NeuroMarketing. O seu papel evangelizador foi facilitado com Kotler e o seu Marketing 3.0.

Já sabemos que as marcas são cada vez mais amadas e odiadas, num espectro que pode ser atingido num segundo, devido ao sentimento de posse que temos sobre elas.

As marcas são nossas. Detemos os seus direitos emocionais.

A Apple é minha e como tudo o que é meu, eu defendo com unhas e dentes.

Mas como manda a tradição de país latino, no dia em que a Apple deixar de me agradar, de me manter inovado, eu nego-a três vezes por 30 moedas de ouro.

Naturalmente, citei a Apple, como poderia ter citado uma Coca-Cola, Google, Amazon ou mesmo Facebook.

O neuromarketing vem mudar o sabor do vento.

Vem trazer vantagem competitiva às empresas, às marcas.

Vem para ensiná-las que podem melhor entender a sua clientela, os seus sócios emocionais, os seus filhos adoptivos. E se as empresas pudessem perceber o que motiva, o que dá prazer, o que faz os consumidores gostar de A em detrimento de B, não seria uma excelente ferramenta de Marketing? de Gestão?

O neuromarketing é uma das melhores inovações que o marketeer de consumo pode desejar! No dia em que entendermos por completo e one to one o consumidor é o dia em que, como profissonais ou investigadores, somos felizes por completo!

 

Até que ponto é que o Marketing 3.0 já faz parte da Missão, Visão ou mesmo actuação das nossas Marcas / Empresas no dia-a-dia com os seus clientes?

Ou ainda vive no Marketing 2.0?

Sabe que as redes sociais são não apenas e somente mas também o maior Focus Group do mundo?

 

 

 

O que acham do uso de Personas como meio disruptor de avaliar qualitativamente o target de uma empresa ou sector?

Qual o uso que daria à criação de Personas na sua empresa?

 

 

 

O factor decisor Preço é tomado em consideração na sua tomada de decisão no linear de um super ou Hipermercado, para produtos similares?

Dê-nos a sua opinião!!!

 

Os Estilos de Vida estão a tomar o espaço antes ocupado pelas Classes Sociais.

Com este dogma inabalável, o paradigma muda radicalmente.

Temos, hoje em dia, pelo menos dois cenários não muito usuais há alguns anos a esta parte: Um casal com posses e sem problemas financeiros adquire a esmagadora maioria dos seus bens essenciais e indiferenciados numa Discount Store e pouco sai à noite; no outro lado do espectro temos uma família com poucas fontes de rendimento e com um nível de individamento superior a 80 % do orçamento mensal a adquirir/manter o veículo de elevada cilindrada e a adquirir bens gourmet em locais seleccionados.

Cabe agora aos novos marketters saber ler nas entrelinhas….

Are we Prepared?

É incontornável a acção redentora que os Social Media trouxeram para o Marketing.

Mas a pergunta persiste: ESTAMOS A USAR AS REDES SOCIAIS PARA NOSSO BENEFÍCIO?

Será que você sabe quem é o seu público-alvo?

Já reparou que o mapa perceptual que idealizou dos seus clientes pode já não estar actualizado?

Todas estas questões são pertinentes!

Mas têm uma resposta!

A resposta dá pelo nome de SOCIAL MEDIA MARKETING!!

Quer que lhe diga um segredo?

Se leu até esta linha, está curioso!

E com razão!

Pode precisar de SOCIAL MEDIA MARKETING e de um Web Copy Writing eficaz e direccionado para o seu target!!

Are You Prepared?

%d bloggers like this: